Por Garra em 17/09/2021 em Sem categoria

Argentina perde US$ 100 milhões por mês com redução nas exportações

Quinto maior exportador de carne bovina do mundo e importante fornecedor para a China, a Argentina acumula perdas na faixa de US$ 100 milhões por mês, depois da proibição das exportações imposta pelo governo em maio. Além da perda financeira, o País abre espaço para que outros concorrentes consolidem participação no mercado internacional.

Uruguai e Paraguai, por exemplo, aumentaram suas exportações nos últimos meses. Os dados de julho, do Instituto Nacional de Carnes do Uruguai (INAC) apontaram um volume de 37.939 toneladas embarcadas para o exterior, ante 36.113 toneladas de carne com osso da Argentina.

Nos sete primeiros meses desse ano, o Paraguai exportou 211.650 toneladas de carne bovina, além de 38,2 milhões de quilos de miúdos.

A redução em 50% dos embarques argentinos foi estendida pelo governo em agosto até o final de outubro.

Entre em contato com a nossa equipe.

Faça seu pedido, tire suas dúvidas ou envie sugestões para a nossa equipe.